Au Pair nos EUA: Tudo que vivi nos primeiros meses de programa

Au Pair nos EUA: Tudo que vivi nos primeiros meses de programa.


Trago atualizações sobre o que vivi nos últimos meses nessa minha grande mudança de país, trabalho, rotina e a que mais me impactou que foi a mudança de idioma.

Quem está acompanhando os vídeos que estou postando em canal do youtube (veja aqui), já sabe que estou morando e trabalhando nos Estados Unidos desde Abril. Atualmente estou no estado de Wisconsin, na cidade de Milwaukee participando do programa de Au Pair. Estou basicamente trabalhando de babá porém com um nome diferente e em um outro país.

A decisão de dar esse grande passo na minha vida e deixar o Brasil para viver em outro país, foi algo que eu já vinha pensando a algum tempo. Tenho que confessar que não foi uma decisão fácil pois tive que abrir mão e me privar de muitas coisas durante o um ano que decidi focar em todos os meus esforços para fazer esse sonho acontecer. Como toda escolha que fazemos na vida essa também tem seus pontos negativos e positivos mas as oportunidades e experiencias que eu teria nesse tempo em que eu estivesse participando do programa de Au Pair foi o que me deram forças para chegar até aqui.

Minha chegada em Wisconsin que é o estado em que estou morando e trabalhando como Au Pair foi em uma época simbólica para mim. Cheguei em solo Estadunidense no mês de Abril, três dias antes do meu aniversario que acontece no dia 24/04 e esse foi um desejo que a Suelen de uma ano atras tinha feito, "quero comemorar meu aniversario de 26 anos nos EUA" e depois de muita ansiedade, trabalho e esforço eu consegui realizar.
Nesse vídeo sobre meu primeiro mês aqui eu conto mais e compartilho como foi essa experiencia:

Mas como nem tudo são flores na vida eu também acabei passando por uma situação nada agradável onde tive uma Paralisia Facial de Bell. Essa paralisia me aconteceu com apenas um mês e meio aqui nos Estados Unidos, recém chegada no país, sem dominar bem o idioma, em uma outra cultura e sem saber como funciona o tratamento médico onde estou. Esse foi um dos momentos em que me peguei pensando se realmente fiz a escolha certa em ter saído do meu país e de perto da minha família para me arriscar a viver tão longe da minha rede de apoio.

Mesmo com toda a turbulência que estava vivendo em minha vida por conta da paralisia facial que estava tendo eu tentei não me deixar abalar, segui a vida da melhor forma que eu conseguia, continuei fazendo planos, saindo para passear, descobrindo nos lugares e indo a praia (que na verdade não é praia, é um lago). Antes do meu segundo mês e de também ficar doente fizemos uma viagem em família (eu + host family + família do meu hosto) para uma outra cidade em Wisconsin, chamada Door County.
Door County - Wisconsin
BradFord Beach - Milwaukee
Estabrook Park Beer Garden - Milwaukee
Milwaukee Art Museum - Milwaukee

Nesses poucos mais de 200 dias nos Estados Unidos tenho vivido tanta coisa que me permitiu me conhecer melhor e também enfrentar alguns fantasmas que eu vinha ignorando em minha vida. Aqui pude de fato encarar algumas verdades sobre mim, sobre a vida e coisas que eu deveria urgentemente mudar.
Aqui nesse vídeo eu falo um pouco mais sobre como tenho me sentido só e também como percebi a minha dificuldade em manter ou criar conexões com outras pessoas.

Bem, e esse foi um resumos dos meus primeiros meses sendo Au Pair nos Estados Unidos, é uma experiencia magica e desafiadora. Somente quem deixa sua cidade, estado, família ou pais para desbravar o mundo sabe a dor e delicia de explorar o novo. Bem, eu sonhei em estar aqui, eu trabalhei incansavelmente por isso e agora estou aqui, vivendo o resultados dos meus esforços e orações.
Para acompanhar de perto e em tempo real como está sendo a minha experiencia no programa de Au Pair você pode me seguir em "meu canal no youtube" e também no em "meu instagram".

Write a comment